Faqs


A simulação não pressupõe qualquer compromisso de compra. Ela apenas representa as condições vantajosas que lhe propomos: usufruir de um Seguro com as melhores condições ao melhor preço, e de uma forma fácil, rápida e confortável.


O Segurado deve informar o Segurador, com exactidão, acerca de todas as circunstâncias que possam influenciar a avaliação do risco, antes da celebração do Contrato e durante a sua vigência.


Para proceder à alteração da forma de pagamento, envie-nos essa solicitação por e-mail, fax ou correio. A alteração da forma de pagamento apenas terá efeito no momento da renovação da sua apólice.


O prémio do seu Seguro poderá ser pago através de Débito Direto, Multibanco (selecionando a opção “Pagamento de Serviços”) ou Numerário nos nossos Escritórios de Espinho, Aveiro e Viseu.


Caso a data limite do seu Aviso de Pagamento tenha sido ultrapassada, contacte-nos para que possamos indicar-lhe a melhor forma de regularizar a situação.


Caso não esteja satisfeito com os valores da sua apólice, contacte-nos através do nosso telefone. Teremos todo o prazer em analisar a sua situação a apresentar-lhe um produto adaptado às suas necessidades.


O proprietário ou o condutor de um veículo são responsáveis pelos prejuízos que este possa causar e, em caso de acidente, podem incorrer em graves responsabilidades, face às indemnizações que lhes poderão ser exigidas. Neste sentido, é obrigatório o Contrato de Seguro de Responsabilidade Civil para os veículos terrestres a motor e seus reboques. A falta de seguro é punida por lei e pode implicar apreensão do veículo e pagamento de uma coima. Porque os danos causados podem atingir valores mais elevados que os mínimos obrigatórios por Lei, deve ponderar optar por segurar capitais superiores. Se o seu veículo necessita de inspecção periódica obrigatória é preciso efectuá-la antes de subscrever o seguro.


Após recebermos a participação do sinistro, desencadearemos, com a maior brevidade possível, as acções necessárias à resolução da situação, mantendo sempre os intervenientes informados sobre o desenrolar dos acontecimentos mais relevantes.


1. Vista sempre o seu colete refletor e recorra ao triângulo e aos 4 piscas para sinalizar devidamente o local;
2. Preencha a Declaração Amigável (DAAA), independentemente de se considerar ou não culpado;
3. Caso existam feridos ou o outro condutor envolvido se recuse a preencher a DAAA, chame imediatamente as autoridades competentes (GNR ou PSP) e, se necessário, chame uma ambulância;
4. Sempre que possível, fotografe o local do acidente, os veículos e os danos;
5. Se o seu carro não puder circular ligue para a assistência em viagem (caso esteja incluída no seu contrato);
6. Recolha os dados das testemunhas que presenciaram o acidente (nome, morada e telefone);
6. Qualquer que seja a situação, deverá sempre participar ao seu Mediador ou à sua Companhia de Seguros, num prazo máximo de 8 dias.


Em caso de Acidente de Trabalho, siga os seguintes procedimentos:
Se a natureza e urgência da lesão, e o seu tratamento, o justificarem, deverá recorrer ao SNS (urgências hospitalares ou outros), sendo que, após a alta hospitalar será transferido para os prestadores clínicos da Companhia.
Caso contrário deverá obter informações da localização e disponibilidade dos prestadores clínicos da Companhia de Seguros, através dos meios disponibilizados para o efeito.
Logo após a ocorrência do acidente, a entidade patronal deverá preencher o impresso de Participação de Acidente de Trabalho, e remetê-lo para os serviços do Mediador ou da Companhia no prazo de 24 horas sobre a data do acidente ou do conhecimento do mesmo.


Sempre que acontecer um acidente garantido pelo Contrato de Seguro, dentro da sua casa deverá:
• Formalizar tão breve quanto possível, sem exceder o prazo de 8 dias, a ocorrência do sinistro, preenchendo a respetiva participação e enviando ao seu Mediador ou Companhia de Seguros.
• É fundamental indicar, dia e hora da ocorrência, causa do sinistro, e bens atingidos com a valorização aproximada dos danos, não devendo desfazer-se dos equipamentos antes de serem vistoriados pelo perito.
• Tratando-se de furto ou roubo deverá também participar o evento às autoridades competentes.
• Deve ter sempre em atenção as obrigações que o seu contrato estabelece, nomeadamente quanto às medidas a tomar no sentido de conter o agravamento dos prejuízos.

Simule já

Preencha um pequeno formulário para podermos fornecer-lhe a nossa melhor proposta

formulário